[release] Paulo e Estêvão

Em 2012, um dos maiores romances espíritas de todos os tempos completa 70 anos. Parte da Coleção Romances de Emmanuel, a obra Paulo e Estêvão fará compreender como o amor apaga a multidão de faltas cometidas em cada existência vivida. Sinopse “O Mestre chama-o, da sua esfera de claridades imortais. Paulo tateia na treva das experiências humanas e responde: Senhor, que queres que eu faça?” Depois de décadas de existência, o romance Paulo e Estêvão ainda é considerado uma obra-prima da parceria entre o Espírito Emmanuel e o médium Francisco Cândido Xavier. São 44 edições e 600 mil exemplares publicados pela FEB Editora sobre o fariseu Paulo de Tarso, obstinado perseguidor de cristãos que se converteu ao trabalho em prol do Cristianismo e transformou sua vida em um exemplo de luta, fé e amor. Presença constante entre os mais vendidos, o livro mostra a relação entre Paulo e o apedrejamento de Estêvão – o primeiro mártir do Cristianismo –, o profundo amor do apóstolo pela noiva Abigail e as diversas perseguições que afligiam os adeptos da nascente Doutrina Cristã.   Ficha Técnica Título: Paulo e Estêvão Autor: Francisco Cândido Xavier, pelo Espírito Emmanuel Páginas: 488 Formato: 16×23 cm Preço: R$ 36,00 Edição: 1ª, julho de 2012 ISBN: 978-85-7328-696-0   Entrevista – Haroldo Dutra Dias, autor espírita e estudioso de Paulo e Estêvão Paulo e Estêvão é o romance favorito de milhares de espíritas. Por que tanto sucesso? O sucesso do romance Paulo e Estêvão, a nosso ver, se deve tanto às qualidades literárias notáveis que a obra apresenta, tais como narrativa envolvente e primorosa, linguagem edificante e respeitosa, profundidade da abordagem, temas intrigantes e vitais, quanto ao seu conteúdo espiritual. A obra representa um resgate do Cristianismo, em sua pureza espiritual, representando um roteiro seguro para os trabalhadores da Seara do Mestre. Nisso reside a luz imperecível que dela emana e que encanta a todos os leitores. É possível dizer que Chico Xavier nutria um carinho especial por esta obra? Chico Xavier, em inúmeras entrevistas, declarou sua predileção pelo romance Paulo e Estêvão dizendo se tratar da obra que lhe proporcionou experiências gratificantes e profundas, tendo em vista os quadros espirituais por ele presenciados e a presenças dos espíritos mencionadas no romance.   O autor espiritual Conhecido por ser o guia espiritual do médium Francisco Cândido Xavier, o Espírito Emmanuel tem atuação de destaque no campo do estudo, prática e divulgação do Evangelho de Jesus a partir da Doutrina Espírita. O primeiro encontro com Chico aconteceu em 1931, quando confidenciou ao médium os planos de publicar 30 obras. A parceria entre os dois trouxe à luz mais de uma centena de obras espíritas, das quais 26 fazem parte do catálogo da FEB Editora e três foram inseridas dentre os nove melhores livros espíritas do século XX. Traduzidos para vários idiomas, os livros de Emmanuel englobam romances históricos, mensagens e conselhos espirituais, entre outros, que repassam profundo conhecimento sobre a mensagem do Cristo, seu estudo e sua vivência. O autor/médium Francisco Cândido Xavier, mais conhecido como Chico Xavier, é, sem dúvida, um dos mais destacados expoentes da cultura brasileira do século XX. Nascido em um lar humilde, em 1910, Chico começou a ver e ouvir os Espíritos aos cinco anos de idade, tendo estabelecido um relacionamento que deu por resultado a publicação de mais de 412 obras, todas escritas pelos Espíritos por meio de sua mediunidade. Com uma qualidade literária extraordinária, as obras de Chico são um autêntico sucesso editorial, atingindo mais de 25 milhões de exemplares, somente na língua portuguesa. Até o seu falecimento, em 2002, Chico estabeleceu um acervo de títulos de diversos gêneros, muitos dos quais best-sellers indiscutíveis, sendo as informações aí contidas utilizadas na produção de filmes, peças de teatro, programas e novelas.