Pedro Franco Barbosa

Natural de Vassouras (RJ), o advogado Pedro Franco Barbosa nasceu no dia 29 de junho de 1906. Tornou-se adepto do Espiritismo em 1940, quando foi lecionar no Colégio Leopoldo, em Nova Iguaçu, na vivência com o Professor Leopoldo Machado. Passou a frequentar a Cruzada dos Militares Espíritas e lá iniciou um programa de estudo das obras de Allan Kardec, onde assumiu a tarefa de expositor. Convidado por José Mariano para a Sociedade de Espiritismo, Homeopatia e Obras Sociais, prestou relevantes serviços à instituição. Integrou o quadro de professores do Instituto de Cultura Espírita do Brasil por muitos anos e participou da fundação da Abrajee (Associação Brasileira de Jornalistas e Escritores Espíritas). No VI Combrajee (congressso da instituição), apresentou a tese “Há uma literatura espírita”. Na qualidade de jornalista, colaborou em quase todos os jornais espíritas no Brasil e no exterior. Deixou dois livros publicados: Espiritismo e matéria e Espiritismo básico. Retornou à Espiritualidade na tarde de 4 de junho de 1997, em sua residência, no Rio de Janeiro.