Paul Gibier

Nascido em 1851, Paul Gibier foi um dos sábios pesquisadores da fenomenologia espírita no século XIX e membro da Sociedade de Pesquisas Psíquicas de Londres. Além de médico e diretor do Laboratório de Patologia Experimental e Comparada do Museu de História Natural de Paris, também foi autor de duas obras conhecidas: O Espiritismo (Faquirismo Ocidental) e Análise das Coisas. Como tantos outros de sua época, Paul Gibier pretendia revelar as mistificações mas, pouco a pouco, se fez defensor da nova ciência psíquica, com uma certeza que aumentava no decorrer do número e da variedade de experiências. Optou por não divulgar suas pesquisas prematuramente, sem confirmações científicas, mas mesmo assim, ficou comprovado que muito avançou nos estudos para a sua época. Em 1900, enviou ao Congresso Internacional Oficial de Psicologia, reunido em Paris, um relatório de várias materializações de espíritos, observadas em seu laboratório em Nova Iorque, na presença de várias testemunhas. Paul Gibier desencarnou em junho do mesmo ano, em um acidente a cavalo. (Fonte: http://www.autoresespiritasclassicos.com.)