Manoel Philomeno de Miranda

Nascido em 1876, na Bahia, Manoel Philomeno de Miranda foi um respeitado médico e trabalhador da Doutrina Espírita na região Nordeste do Brasil. Iniciado nos estudos do Espiritismo em 1914, foi diretor e, posteriormente, presidente da União Espírita Baiana (UEB), atual Federação Espírita do Estado da Bahia, cargo que ocupou até sua desencarnação, no ano de 1942. Autor de obras literárias ainda em vida, começou a transmitir seus estudos e conhecimentos do mundo espiritual a partir da década de 1970, por meio da psicografia de Divaldo Pereira Franco. Conhecido trabalhador da área de desobsessão, o Espírito Manoel Philomeno de Miranda trouxe ao público diversos textos que buscam ajudar no entendimento e no suporte aos trabalhos mediúnicos desta área. Nos Bastidores da Obsessão, Loucura e Obsessão, Temas da Vida e da Morte, Tramas do destino foram contribuições que Manoel contribuiu com a FEB Editora. (Fonte: Desconhecida.)