Luciano dos Anjos

Nasceu e desencarnou, no dia 3 de maio, na cidade do Rio de Janeiro. Atuou como jornalista e escritor. Trabalhou em vários grupos e instituições espíritas do Rio de Janeiro. Sócio efetivo e membro do Conselho Superior da Federação Espírita Brasileira. Na gestão do presidente da Federação Espírita Brasileira, Armando de Oliveira Assis, atuou como assessor da presidência, editor-chefe de Reformador e, na época, participou ativamente da reestruturação da Livraria, da Biblioteca e do Parque Gráfico da FEB, afastou-se desta Instituição ao término da gestão citada. Foi articulista de Reformador até aquele período, autor de vários livros espíritas: Crônicas de um e de outro: de Kennedy ao homem artificial, juntamente com Hermínio Miranda, o qual foi publicado pela FEB Editora. (Fonte: Reformador, 2014.)