Hermínio Correia de Miranda

Nascido em 5 de janeiro de 1920, na cidade de Volta Redonda (RJ), é formado em Ciências Contábeis, e trabalhou na Companhia Siderúrgica Nacional até se aposentar. Renomado pesquisador e escritor espírita, também identificado por H.C.M. e João Marcus, tem mais de trinta títulos publicados por diversas editoras, sendo que seis deles pela FEB Editora, sempre cedia seus direitos autorais a instituições filantrópicas. Seus livros são voltados para o movimento espírita e para as práticas espíritas, mas também para o público leitor não espírita, sempre sob a ótica doutrinária, documentada nos preciosos ensinamentos contidos nos livros básicos da Codificação Espírita e nos que lhes deram continuidade. Seu primeiro livro intitulou-se: Diálogo com as sombras e foi lançado pela FEB Editora em 1976.  A respeito dessa obra, Hermínio nos informa que “com este livro abriu-se para mim nova fase na tarefa com a qual sonhava, mas ainda não sabia a que níveis de realização alcançaria o trabalho, se é que tinha mesmo as características de uma programação. Com ele, fui como que promovido de articulista ao patamar de autor de livros”.  Deu também importante  contribuição à Federação Espírita Brasileira no exercício de suas atribuições como integrante do Conselho Superior desta instituição durante quinze anos, e com artigos divulgados em Reforma dor, o primeiro deles publicado em 1956. (Fonte: MIRANDA, Hermínio C. Sobrevivência e comunicabilidade dos Espíritos.)