Francisco Cândido Xavier

Francisco Cândido Xavier, mais conhecido como Chico Xavier, é sem duvida um dos mais destacados expoentes da cultura brasileira do século XX.

Nascido em 1910, desde os 5 anos de idade, começou a ver e ouvir os Espíritos, tendo estabelecido com eles um relacionamento que deu resultado à publicação de mais de 412 obras, todas por ele psicografadas.

Esse trabalho foi interrompido apenas em 2002, ano de sua desencarnação, e resultou em um acervo de títulos de diversos gêneros, tais como poemas e poesias, contos, romances, obras de caráter científico, filosófico e religioso.

Com uma qualidade literária extraordinária, as obras de Chico Xavier são um autêntico sucesso editorial e já alcançaram mais de 25 milhões de exemplares, somente em língua portuguesa.

Muitos de seus livros são best-sellers indiscutíveis, e as informações contidas nessas obras são utilizadas na produção de filmes, peças de teatro, programas e novelas de televisão.

De personalidade bondosa, dedicou-se sempre ao auxílio dos mais necessitados. O trabalho em benefício do próximo possibilitou ao médium a indicação, por mais de 10 milhões de pessoas, ao Prêmio Nobel da Paz de 1981. No ano de 2012, Francisco Cândido Xavier foi eleito “O maior brasileiro de todos os tempos”, em evento promovido e realizado pelo Sistema Brasileiro de Televisão (SBT).