Ernesto Bozzano

Natural de Gênova, na Itália, nasceu em 9 de janeiro de 1862. Antes de conhecer o Espiritismo este professor da Universidade de Turim era materialista, cético e positivista. O fato de representantes científicos levarem a sério a possibilidade da transmissão de pensamento entre pessoas que vivem em continentes diferentes, a aparição de fantasmas e a existência das chamadas casas mal-assombradas escandalizava Bozzano. Após ler diversas obras, ele resolveu se dedicar com afinco ao estudo aprofundado dos fenômenos espíritas, fez por meio das obras de Allan Kardec, Léon Denis, Gabriel Delanne, William Crookes e outros. Sua devoção ao trabalho fez com que se tornasse um dos mais proeminentes pesquisadores dos fenômenos espíritas, impondo-se pela projeção do seu nome e pelo amor que dedicou à causa e sua convicção inabalável. Ernesto Bozzano desencarnou em 1943, na Itália. (Fonte: Desconhecida.)