Epes Sargent

Epes Sargent nasceu no estado de Massachusetts (EUA) em 27 de setembro de 1813 e desencarnou em 30 de dezembro de 1880. Sua vida apresenta muitas semelhanças com a de Allan Kardec, nascido nove anos antes. Ambos produziram excelentes livros didáticos; defenderam o Espiritismo nascente; diminuíram todas as atividades cotidianas para tratarem do novo ideal; foram casados e não tiveram filhos; escreviam com muita clareza – ao alcance de todas as pessoas – e dominavam línguas de importância mundial. Epes destacou-se como escritor, também publicando artigos em inúmeros jornais. Em seus últimos 30 anos de vida, o autor se interessou pelo Espiritismo, estudando-o profundamente após ter sido um dos que combateram e repudiaram os fenômenos insólitos ocorridos através da mediunidade das irmãs Fox. Cético a princípio, Epes Sargent assistiu a inúmeras experiências e também as realizou por conta própria, o que fez com que logo se convencesse da veracidade dos fenômenos.  Em plena atividade literária, contraiu uma afecção pulmonar da qual nunca mais se recuperaria. Nos últimos dois anos de sua vida, debilitou-se com o surgimento de um câncer na boca, que lhe impedia a fala, mais ainda assim conseguiu finalizar seu último trabalho, Bases Científicas do Espiritismo.