Elisabeth D’Espérance

A médium Elisabeth D’Espérance nasceu no ano de 1849. Sua grande projeção no campo do Espiritismo fez com que ela servisse de instrumento para pesquisas de muitos sábios da época. Quando jovem, apareceu em público com T. P. Barkas, que organizou uma extensa lista de perguntas referentes aos mais variados setores da ciência, que foram respondidas pela médium, rapidamente, em inglês, alemão e até mesmo latim. Madame D’Espérance, que possuía educação de classe média, demonstrava admiráveis conhecimentos científicos quando caía em transe mediúnico, muitas vezes abordando assuntos completamente desconhecidos daqueles que a interrogavam. A médium é autora do livro intitulado No País das Sombras, através do qual relata seus dons mediúnicos. Diz ela que, em sua infância, brincava com Espíritos de crianças, como se estes fossem crianças reais. Mais tarde lhe foi acrescentada a faculdade de materialização, pois ela fornecia, em abundância, o fluido chamado “ectoplasma”, que serve para a produção desse fenômeno. Seu guia espiritual era uma bela moça árabe, que dava o nome de Yolanda. Esse Espírito se materializava constantemente, dada a perfeita afinidade que tinha com a médium.  Elisabeth D’Espérance desencarnou em 1918. (Fonte: Personagens do Espiritismo.)