Antonio César Perri de Carvalho

Nasceu em Araçatuba-SP, no dia 21 de Maio de 1948, filho de Rodolfo Graça de Carvalho e Josefina Perri de Carvalho, professora primária, descendentes de italianos. Sua família não era espírita, mas muito ligada à Igreja Católica.  Algumas ocorrências mediúnicas com o jovem Antonio César levou a família a procurar o Centro Espírita Varas da Videira, a que passou a frequentar.  Na vizinha cidade de Birigui, a família começou a participar do Centro Espírita Amor e Caridade. Assim teve início a carreira, dentro do movimento espírita, de Perri de Carvalho. Estudante da Faculdade de Odontologia de Araçatuba, Perri era aluno e amigo de Orlando Airton de Toledo, líder espírita na região, que o levou para participar da UME local. Esteve, então, sempre ligado ao movimento unificacionista. No ano de 1972 casou-se com Célia Maria Rey de Carvalho, com quem teve 3 filhos: Daniel, Gustavo e Flávio. Perri formou-se Cirurgião Dentista e seguiu a carreira universitária na Faculdade de Odontologia de Araçatuba (Universidade Estadual Paulista – UNESP), na especialidade de Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial. Doutor em Ciências, atuou como Professor Livre-Docente e Professor Titular. Chefiou a Câmara Central de graduação da Universidade Estadual Paulista e foi Pró-Reitor de Graduação da UNESP. Autor de cerca de 80 (oitenta) trabalhos científicos, publicados em revistas especializadas do Brasil, Estados Unidos, Japão, Alemanha e Itália. Em 1984, recebeu a “Medalha e Prêmio de Honra ao Mérito Luiz César Pannain”, do Sindicato dos Odontologistas do Estado de São Paulo; em 1985, “Prêmio Professor Antônio de Souza Cunha”, do Colégio Brasileiro de Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxílo-Facíal; no mesmo ano, “Prêmio Cidade Personalidade em Odontologia”, em Araçatuba. No meio espírita exerce, atualmente, intensa atividade social e literária, escrevendo inúmeros artigos em colaboração com diversos periódicos. É autor dos seguintes livros: O Espiritismo em Araçatuba (I 975); Dama da Caridade (1982); Em Louvor à Vida e Repositório de Sabedoria (I 980), Vols. 1e 2, (compilações) com pensamentos dapsicografia de Divaldo P. Franco, Os Sábios e a Senhora Piper (1986); Entre a matéria e o Espírito (co-autoría Oswaldo Magro Filho – 1990) Espiritismo e Modernidade (I 996), além de ser co-autor em diversas obras editadas pela USE e pela Federação Espírita Brasileira. É articulista da Revista Reformador. Atualmente, é o presidente da Federação Espírita Brasileira. (Fonte: U.S.E. 50 anos de Unificação – 1947 a 1997.)