Alexandre Aksakof

Nasceu em 27 de maio de 1832, na Rússia, filho de nobre família cujos membros sempre ocuparam lugar de destaque na literatura e nas ciências. Em 1855, matriculou-se como estudante da Faculdade de Medicina de Moscou, local que ampliaria os seus conhecimentos de Física, Química e Matemática, ao mesmo tempo em que acompanhava, passo a passo, o desenvolvimento espírita na Europa e na América. A partir deste ano, iniciou a tradução de todas as obras de: Allan Kardec, Hare, Edmonds, Dale Owem e William Crookes, entre outros, para o russo. Alexandre Aksakof também participou da fundação de periódicos como:  Psychische Studien, de Lípsia, uma das melhores revistas sobre Espiritismo. Criou adeptos entre pessoas de talento reconhecido, muitos deles cientistas, que, por meio de experiências feitas com médiuns famosos como Dunglas Home, levaram a Rússia a formar a primeira comissão de caráter puramente científico para o estudo dos fenômenos espíritas. É de sua autoria a obra Animismo e Espiritismo, a mais completa que se conhece sobre o assunto e a que mais o fortaleceria como eminente cientista e pesquisador nato, publicada pela FEB Editora. Desencarnou em São Petersburgo, na Rússia, em 4 de janeiro de 1903. (Fonte: Desconhecida.)