Alciene Ribeiro Leite

Natural de Ituiutaba (MG). Estreou nas páginas do Suplemento Literário do Minas Gerais, em 1976. O primeiro livro: Eu choro do palhaço, considerado pela União Brasileira de Escritores o melhor livro de contos do ano de 1978. Filho de Pinguço, novela infanto-juvenil, recebeu premiação nacional e Nos Beirais da Memória ficou em segundo lugar no concurso cidade de Belo Horizonte, em 1987. Drácula Tupiniquim, publicado pela RHJ, foi distinguido com o selo “Altamente Recomendável” da FNLIJ. Com mais de 20 títulos no mercado, Alciene atua também como ghost-writter, revisa textos, faz leituras críticas e escreve obras espíritas autorais. Outros títulos com a FEB Editora: O Astronauta de Konsolanto. (Fonte: http://www.editorarhj.com.br/autores)